terça-feira, 4 de março de 2014

NÃO HAVENDO PROFECIA, O POVO PERECE...
Provérbios 29:18

            Não sei que tipo de sentimento tenho em ver tanto descaso com a Palavra de Deus e com o conhecimento que todo o Cristão deve ter. Ao ver e ouvir tanta bobagem teológica... bem, é melhor consertar minha frase, pois, com certeza estes nem sabem o que é Teologia ou mesmo Bíblia.
            Não posso entender como os Filhos de Deus não se interessam em conhecer seu Pai e Criador através da sua Palavra, antes têm se enveredado por caminhos não sinalizados por aquela que é a “ Lampada para os nossos pés e a luz para o nosso caminho “ e por fantasiosos movimentos que tendem justamente à desviar  a atenção dos que mais deveriam estar atentos aos sinais do Retorno do Senhor:  “ Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios; “ (I Timóteo 4:1 ). Não só doutrinas de demônios como também doutrinas de homens que somente corroboram suas necessidades ideológicas-financeiras onde o objetivo principal é o de encher suas igrejas, encher os seus bolsos e garantir seu futuro...
            O sábio Salomão, inspirado por Deus, deixou-nos registrado a verdade acima; com o mínimo de conhecimento é fácil saber, tratar-se este texto, da Palavra de Deus, o que já nos traz o entendimento contrário do que temos visto e ouvido.
            A confusão tem sido tanta que os irmãos que assim praticam sua fé chegam a     “ desespiritualizar “ ( pode ? ) os que seguem o exemplo Bereano de examinar as Escrituras e exaustivamente as estudam, taxando-os de crentes frios e não espirituais pelo simples fato de preferirem buscar na Palavra a alegria da adoração do que o frenético transe corporal aliado à extratosféricos índices dos decibéis estonteantes para antes dos “ dez minutinhos de Palavra “ ...
            E quando nos veem dissertar sobre questões reformadas pensam estarmos trazendo “ novas doutrinas “ e sermos nocivos ao cristianismo... que fazer ? Mas à estes B.B. Warfield, disse: “ É muito claro que aquele que modifica os ensinos da palavra de Deus, no menor particular, numa ditação de qualquer opinião formada pelo homem, já se apartou do fundamento cristão, e já é, em princípio um herege. “, portanto, não somos nós que trazemos novas doutrinas que somos hereges, mas àqueles que, além de não darem a importância devida à Palavra, a distorce ou lhes acrescenta os adendos necessários à sua egocentridade ou seus interesses... estratégia do inimigo ou brecha de incautos ?
            Tenho orgulho da minha formação e do que tenho ensinado à Igreja que dirijo, de levar à Igreja que o antídoto é o conhecimento que só pode ser adquirido pelo estudo da Palavra e pela busca da santidade real que só o Espírito Santo de Deus, com maestria e serenidade, pode conceder, e não aquela falsa santidade que reveste o exterior e esconde a ignorância espiritual e a superficialidade característica das doutrinas humanas que impedem que ao menos a inteligência possa ser ativada para que se abram os olhos da alma e da mente quanto às coisas do alto.
            Ainda dá tempo de se proclamar a verdade. Não podemos deixar as pedras clamarem e sermos ensinados pelos que nada sabem ou procuram saber, mas devemos manter-nos fies à Palavra e à Jesus Cristo, nos alicerçando na vera-doutrina e continuar expondo-a aos quatro ventos. Não me importo de ser chamado de                   “ tradicional “ ( não o sou ), pois sei que, se a Palavra continua latente em meu coração e a minha ansiedade por estar continuamente estudando-a e praticando-a, então, o Espírito de Deus se move em mim. Desta forma desejo aclamar pela vida dos irmãos reformados em apoiar a Nova Reforma, que, nada mais é que, ensinar a Antiga Doutrina, a Sã e Verdadeira Palavra de Deus e não o Genérico aditivado que tem inundado as Igrejas  nos dias de hoje e “ afogado “ com uma tsuname de falsas doutrinas o Povo de Deus.
            Para finalizar, deixo as palavras de J.I. Parker: “ Pregação doutrinária, certamente aborrece os hipócritas, mas é só a pregação doutrinária que vai salvar as ovelhas de Cristo. A tarefa do pregador é proclamar a fé, não entreter os fies. “
            Soli Deo Glória.

Bispo Luiz Tamburro

Ministério Cristo Vive - Saquarema

Postagem em destaque

IDEOLOGIA DE GÊNERO A CRIATURA NÃO TEME MAIS O CRIADOR ?

IDEOLOGIA DE GÊNERO A CRIATURA NÃO TEME MAIS O CRIADOR ? Texto: Rm 1.18.27             Minha alma se rasga em soluços ininterruptos...