sábado, 30 de março de 2013

SURTO DE DISLEXIA TEOLÓGICA ?

"Porque assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu, eu mesmo,
procurarei pelas MINHAS OVELHAS, e as buscarei."  (Ezequiel 34 : 11)



“ Porque, não tendo eles ainda nascido, nem tendo feito bem ou mal (para que o propósito de Deus, segundo a eleição, ficasse firme, não por causa das obras, mas por aquele que chama), Foi-lhe dito a ela: O maior servirá o menor. Como está escrito: Amei a Jacó, e odiei a Esaú. Que diremos pois? que há injustiça da parte de Deus? De maneira nenhuma. Pois diz a Moisés: Compadecer-me-ei de quem me compadecer, e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia. Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece. Porque diz a Escritura a Faraó: Para isto mesmo te levantei; para em ti mostrar o meu poder, e para que o meu nome seja anunciado em toda a terra. Logo, pois, compadece-se de quem quer, e endurece a quem quer. Dir-me-ás então: Por que se queixa ele ainda? Porquanto, quem tem resistido à sua vontade? Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim? Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra? E que direis se Deus, querendo mostrar a sua ira, e dar a conhecer o seu poder, suportou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a perdição; Para que também desse a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia, que para glória já dantes preparou... “

Rm 9.11-23
            Não pelo fato de ser reformado, mas pelo fato de ser um teólogo e pretenso estudioso e investigador da Palavra do Senhor, mas, por mais que eu a leia e a estude, por mais pesquisas que faça sobre a Salvação, não consigo entender o porquê de muitos outros pregadores pregarem que a salvação seja para todos os homens e o porquê de se condicionar tal salvação meramente ao arrependimento e ao simples gesto do levantar de mãos e sinalizar tal sentimento como se o mesmo agisse nos corações e almas como um remédio de alívio e cura miraculosa e imediatista que fizesse com que os homens nunca mais praticassem os atos pelos quais estariam, naquele momento, rejeitando. Esta não é a realidade do que se vê e se vive... não é a realidade que se observa, inclusive e principalmente, dentro da igreja, pois, vemos pessoas dos mais variados pensamentos e estilos de vida, muitos vivendo ainda o seu egoísmo, muitos vivenciando e exalando preconceitos étnicos e sociais, muitos que nunca dividiram sequer o banco em que sentam no culto... Deveriam então viver às mil maravilhas, ao exemplo de At 4.32,  ou num eterno amor e compreensão, mas o que se vê é uma ego-disputa, um ar de neuras espirituais ( será ? ) e um sem número de divergentes doutrinários onde se encontram àqueles que inclusive acham que não se deve entregar dízimos ou ofertar ou aqueles que acham  que somente se houver sapateados, gritarias ou profecias ali estará o Espírito Santo e esquecem-se de que o mais importante no culto é a instrução profética da Palavra aberta e exposta pelo Anjo da Igreja, ordenado e consagrado para profeta...
            Por tudo isto, sinto que cheguei a conclusão de que existe um grande surto de Dislexia que durante todos estes séculos tem feito com que os pregadores deixem de entender a Palavra, isto por não desejar crer naqueles que tentam manipular ( se é que isto seja possível ) o que se ensina para inflar igrejas e garantir o sustento e a boa vida de alguns que não se dão conta do que terão que pagar para apagar tais atos inescrupulosos.
            Como não compreender a Soberania do Deus que criou todas as coisas em escolher ou eleger dentre toda a sua criação ou dentre todos os homens que criou os que deseja ou não ter com Ele na Glória ?
            Como se negar ao Senhor Deus ( já podemos isso ? ) o direito sobre a sua criação e criaturas ? Ou queremos realmente cumprir a chamada “ Nova Era “ e colocarmo-nos no lugar de Deus ? Quem somos nós ?

"Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim?"  (Romanos 9 : 20)
   
            Será tão difícil para muitos ( não são alguns ) pregar o que se lê ?

Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido... Mas vós não credes porque não sois das minhas ovelhas, como já vô-lo tenho dito.
Jo 10. 14 e 16

            Está claro que o Senhor escolheu as suas ovelhas e que outras jamais o “ aceitarão “ porque não pertencem a Ele, o próprio Jesus disse que RECEBE AS QUE O PAI LHE DÁ E JAMAIS  AS LANÇARIA FORA... qual a dificuldade em se pregar isso ?

"Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido."  (Lucas 19 : 10)

            Pode-se buscar o que não se perdeu ? É lógico que o Senhor Jesus virá em busca do que lhe pertence, daqueles por quem morreu na cruz, os que lhe foram dados pelo Pai e os que, certamente, lhe fazem a vontade... com explicar, então, as grandes demonstrações de fé de alguns que mesmo perdendo tudo, filhos, esposas, maridos, bens, etc, mesmo em grandes proporções ( como aconteceu com minha família ) ainda assim continua servindo ao Senhor com alegria e gratidão e não vê ou acha motivos para deixa-lo ? Enquanto que muitos o deixam por motivos fúteis e sem propósitos ? Como explicar a multidão que incha as igrejas para pedir, pedir e pedir e as deixam quando são repreendidas ou quando conseguem sua bênção ( que logo lhes escorrerão pelos dedos )...
Spurgeon pregou em seu sermão 241 na manhã de domingo de 06 de março de 1859 que o cristão tem a obrigação de fazer o chamado geral e convidar a todos para virem à Cristo, mas tal chamado no geral é desprezado e acaba por perecer... mas o chamado eficaz é pessoal e irresistível e é pelo qual os predestinados conhecem sua condição de Filhos de Deus e eleitos à salvação... já Calvino, ao ensinar sobre Eleição e predestinação, diz: _ Se a eleição de Deus precede à graça pela qual nos fez idôneos para alcançar a glória da vida futura, que poderá encontrar em nós que o mova a nos eleger ? O que eu pretendo se verá de modo mais claro ainda por outro passo do mesmo apóstolo: " Escolheu-nos antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e sem mancha diante dele " (Ef.1.4); no que opõe o beneplácito de Deus a todos os nossos méritos [...], isto é... é pela Graça somente...
            Decerto muitas ovelhas do Senhor Jesus estão espalhadas mundo afora e precisam ser despertadas, uma vez que já foram resgatadas... todas estas foram eleitas antes da fundação dos tempos e ainda não sabem de sua origem nobre... precisam do despertamento da chamada interior e irresistível, aquela capaz de fazer com que seus olhos espirituais se voltem para a cruz e enxerguem-na vazia por elas... é quando tal alma reata com o Espírito de Deus e se volta a Ele... é quando retornamos ao céu ainda nesta terra e reinamos em vida.
            Falar de injustiça da parte de Deus é não crer ou não aceitar sua soberania sobre sua criação... como pode àquele que se se diz filho do Deus Altíssimo, não permitir à Deus a sua vontade ou não O permitir utilizar sua vida como lhe aprouver ? Que tipo de “ crentes “ somos que não permitimos o nosso Deus nos usar ?
            O que seria de nós se os profetas do passado não tivessem realmente entregado suas vidas, à ponto de passarem por situações vexatórias (?) em cumprimento da soberania divina em suas vidas para nos exemplificarem tal vontade e direção e de como se devem portar os que Ele escolheu para si ? Casaria você com uma prostituta para cumprir um propósito de Deus como fez Ezequiel ? Cobriria-se com retalhos de pano podre como uma múmia para demonstrar a podridão e fragilidade da fé de seus irmãos como Jeremias ? Entregaria-se você aos tribunais e Reis para ser julgado com Paulo ? Escolheria morrer na cruz de cabeça para baixo como Pedro ?
            Novamente pergunto: que crentes somos nós ? Como nos dizermos filhos de Deus se não fazemos o mínimo quando requisitado por Deus para mostrarmos nossa dedicação e obediência mas ficamos exultantes quando as pessoas julgam nos ver como “ Servos de Deus “ pelo simples fato de sabermos colocar as palavras e pregar com eloquência ?
            Homens como Ezequiel, Isaías, Jeremias, Paulo ou Pedro, não podiam rejeitar o que passaram porque lhes eram irresistíveis tais coisas, pois suas almas eram sedentas do cumprimento da vontade de Deus... não tinham forças para resistir a tal obra em suas vidas, pois as mesmas não lhes pertenciam, tinham um dono... assim como os eleitos...

Ou não tem o oleiro poder sobre o barro, para da mesma massa fazer um vaso para honra e outro para desonra?

            Vasos de Honra, sim ! Eleitos, sim ! Predestinados, sim ! Quanto me honra confessar a Jesus Cristo como meu Senhor e Salvador desde os céus !  Disse o Apóstolo Paulo:

Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor; E NOS PREDESTINOU PARA FILHOS DE ADOÇÃO POR JESUS CRISTO, PARA SI MESMO, SEGUNDO O BENEPLÁCITO DE SUA VONTADE, PARA LOUVOR E GLÓRIA DA SUA GRAÇA, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado, Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas, segundo as riquezas da sua graça, Que ele fez abundar para conosco em toda a sabedoria e prudência; Descobrindo-nos o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que propusera em si mesmo, DE TORNAR A CONGREGAR EM CRISTO TODAS AS COISAS ( inclusive seus eleitos ), na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra; Nele, digo, em quem também fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade; Com o fim de sermos para louvor da sua glória, nós os que primeiro esperamos em Cristo; Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. O QUAL É O PENHOR DA NOSSA HERANÇA, PARA REDENÇÃO DA POSSESSÃO ADQUIRIDA, PARA LOUVOR DA SUA GLÓRIA.
Ef 1.2-14

            Aprendam a ler ou reciclem-se !  Não é possível que com tanta clareza ainda se queira pregar um evangelho de escambo onde se deve trocar uma coisa por outra quando, na realidade   ( e isso todo mundo prega ), a salvação vem pela Graça e a Graça é de graça, é dada e não vendida ou trocada, não é oferecida por uma mão levantada ou por um envelope de polpuda oferta...  Todos fomos predestinados sim, uns para os céus, outros não... mas como dizer que há injustiça da parte de Deus quando se é um resgatado ? Ou desejarias continuar rumo ao inferno e viver uma vida infrutífera, pois a palavra de Deus nos diz que fomos “ ESCOLHIDOS POR ELE E NOMEADOS PARA DARMOS FRUTOS “... Sou, sim, o que a Bíblia, a Palavra do DEUS VIVO, diz que sou: Filho, Eleito, Escolhido, Profeta às Nações, Príncipe, Sacerdote, Pedra Viva, Carta Escrita e não abro mão da soberania de Deus em minha vida !
            Por tudo o que passamos na vida, eu e minha família, quando perdemos filhos, bens, firma, ótimos empregos, “ amigos dos bons momentos “, por todas as perseguições que já sofremos dentro das próprias igrejas, família e das que ainda acontecem por parte de “ colegas de                  ministério “ devido ao que pregamos, reafirmo a eleição da minha família e dos que comigo congregam, sem pretensão de ser Deus, pois sei que tais atribuições somente à Ele pertencem, mas declaro que as vidas que comigo seguem nestes anos, passando o que passamos com a alegria de servir ao Deus que tem escrito todas as linhas de nossas vidas, sem reclamar do que nos vem, mas gloriando-nos em Jesus nas vitórias conquistadas devido às aplicações espirituais de sua Palavra, somos sim os Eleitos de Deus.
            Mas entristeço-me por tantos irmãos, lideranças e Ministros que ainda não alcançaram a verdade ou preferem continuar com o “ Escambo da Salvação “ ou que simplesmente se recusam a aceitar a totalidade da Bíblia e continuam escolhendo o que pregar, os que pregam “ meias verdades “ ou os que simplesmente não sabem ler ou não fazem de suas Bíblias uma prancheta de estudos aprofundados e preferem atacar os que têm outro entendimento ou mesmo preferem viver um evangelho de pura emoção, sem razão ou fantasioso onde as manifestações sobrenaturais se opões muitas vezes à Palavra deixada pelo nosso Deus para nos orientar... teriam estes um manual sem índice ou textos massoréticos ?
            No mínimo se espera um convívio saudável onde se entenda e se aceite que Deus é um só e Jesus o único Salvador... a conclusão... veremos no Dia do Senhor... Eu estarei lá...


Reverendo Luiz Tamburro


Postagem em destaque

IDEOLOGIA DE GÊNERO A CRIATURA NÃO TEME MAIS O CRIADOR ?

IDEOLOGIA DE GÊNERO A CRIATURA NÃO TEME MAIS O CRIADOR ? Texto: Rm 1.18.27             Minha alma se rasga em soluços ininterruptos...